404Violeta – Transplantas Garden Center
Violeta 2016-12-28T21:01:47+00:00

Project Description

Violeta

NOME CIENTÍFICO: Saintpaulia ionantha

PORTE: São plantas de pequeno porte, que atingem no máximo 25 centímetros de diâmetro e 15 centímetros de altura.

CICLO DE VIDA: Perene, porém seu florescimento é anual. Tomando-se os cuidados necessários ela irá florir continuamente.

FLORES: Florescimento contínuo durante o ano todo produzindo flores de diversas cores como brancas, róseas, roxas e bicolores.

ILUMINAÇÃO: Não tolera raios solares diretos. O índice de luz varia de acordo com a variedade, mas em geral deve ser mantida em local bem iluminado porém, onde não fique exposta diretamente ao sol, ideal é luz difusa. Para as variedades que produzem folhas grandes, de cor verde intenso e hastes compridas, há necessidade de mais luz para o bom desenvolvimento, sendo que para as variedades de folhas claras, a necessidade é menor.

REGA: Regue sobre a superfície da terra, evitando molhar flores e folhas e evite deixar água no prato. O ideal é regar 2 vezes por semana no verão e 1 vez por semana no inverno. É necessário manter sempre o solo levemente úmido. Caso sua região seja muito quente, pode fazer o seguinte processo: mergulhe o vaso inteiro em uma bacia com água até a altura das folhas mas, nunca molhando as flores, depois deixe escoar bem toda a água que a planta não necessitar.

SUBSTRATO: A terra em que estiver plantada não deve ser encharcada, pois o excesso de água provoca o apodrecimento das raízes. As raízes das violetas são muito sensíveis, sendo importante que a terra usada no plantio seja uma mistura de boa qualidade, com boa aeração. Recomenda-se terra vegetal somente, ou 4 partes de fibra de coco, 1 parte de areia e 5 partes de casca de pinus.

ADUBAÇÃO: A violeta necessita de vários elementos químicos. A base da adubação são os macro-nutrientes: Nitrogênio, Fósforo e Potássio. As aplicações de adubo são necessárias durante todo o ciclo (ex. nitrato de cálcio, uréia e nitrato de potássio). O ideal para a violeta é o NPK 14-12-14 ou NPK 10-10-10, utilize uma colher de chá para 1 litro de água. É aconselhável aplicar essa mistura a cada 15 dias, ou conforme recomendação do fabricante.

PODA: As folhas devem ser retiradas deslocando-as lateralmente, e retiradas rentes ao centro da planta, ou seja, todo o cabo da folha deve ser retirado. Após a poda, diminuir consideravelmente a rega durante três semanas, deixando o substrato secar entre cada rega. Após este período deve-se voltar a regar regularmente. Com este procedimento, em algumas semanas, a planta para defender-se do estresse sofrido, forçará o florescimento.

MÉTODO DE PROPAGAÇÃO OU REPLANTE: Multiplicam-se através de semente e também através das folhas, que são colocadas sobrepostas na terra, necessitando de uma pequena pressão para garantir que a folha fique em contato com a terra. O melhor é fazer uma pequena cavidade com o dedo e introduzir uma folha sadia, sem enterrar. Essa folha será a matriz que irá originar as mudas. Quando isso começar a acontecer, torna-se necessário retirar a folha matriz para forçar o crescimento independente.

  • Exposição direta. Luz solar durante pelo menos cinco horas por dia.

  • Rega abundante. Frequente e constante, principalmente no verão.

  • Ambientes externos. Suporta intempéries.

Uma pergunta qualquer? 2017-01-11T10:35:44+00:00

Passe na Transplantas e compre mais 2.

O que devo fazer se eu tiver uma orquídea? 2017-01-11T10:35:57+00:00

Passe na Transplantas e compre mais 2.

O que fazer se minha planta morrer? 2017-01-11T10:35:48+00:00

Passe na Transplantas e compre mais 2.

O que fazer quando se tem uma roseira vermelha? 2017-01-11T10:35:53+00:00

Dar água e carinho.

Se interessou? Preencha o formulário abaixo e em breve entraremos em contato com você